Vou tentar colocar aqui algumas receitas dos vários pontos do Globo. E depois prová-las é claro!!
01
Mai
12

Esta receita não posso dizer que é a original, mas sim a minha interpretação do famoso bacalhau á Braga, muito apreciado por todos nós.

Para 3 pessoas:

3 postas de bacalhau
2 cebolas cortadas em rodelas
dentes de alho, folha de louro
azeite
sal, 1 colher de chá de colorau, um fio de vinho branco
batatas cortadas em rodelas para fritar.

As postas de bacalhau estavam devidamente demolhadas. Coloquei um tacho com água a ferver com um dente de alho e uma folha de louro. Quando fervida desliguei e escaldei as postas. Escorri, sequei-as com papel absorvente e reservei.

Coloquei as batatas a fritar.

Numa frigideira, coloquei o azeite, 2 dentes de alho inteiros socados (com casca). Passei as postas de bacalhau por farinha, sacudi e coloquei a fritar no azeite até estar dourado de ambos os lados. Retirei as postas do bacalhau coloquei numa travessa de servir. No mesmo azeite de fritar o bacalhau  juntei as cebolas em rodelas, os alhos picados, uma folha de louro, deixei a cebola ficar levemente dourada e acrescentei o colorau um pouquinho de sal e um fio de vinho branco, deixei o vinho evaporar e coloquei este molho sobre as postas de bacalhau. Rodeei com as batatas fritas.

publicado por admin às 10:55
18
Fev
12
Lombo de salmão

Retirada  da revista do continente é um prato: original, saboroso,colorido,fresco e fácil de fazer!

Como gosto sempre de dar um toque pessoas às receitas, vou acompanhar com um receita de cuscuz ao estilo  mediterranico,  em vez  de cuscuz "simples". 

 

Para 4 pessoas:

Ingredientes:

  • 4 Lombos de salmão
  • 60 gr de amendois
  • 5 hastes de salsa
  • 1 lata pequena de polpa de manga
  • 250 gr de cuscuz
  • Sal e pimenta qb
  • 2 tomates pequenos
  • 1 Xicara de azeitonas pretas descaroçadas
  • Manjericão Fresco
  • Caldo de galinha
  • 2 duzias de passas
Preparação
 Aqueça  1 xicara e meia de água e dissolva 1 cubo de caldo de galinha. Quando o caldo de galinha estiver pronto, retiramos do lume, e colocamos o seu conteúdo num recipiente onde se possa acrescentar os Cuscuz. Acrescente então, 1 xicara e 1/4 de cuscuz.  Para que o cuscuz ganhe o sabor do caldo, tape com película transparente e deixe-o assim por 5 minutos. Passado esse tempo, pode retirar a pelicula, e com um garfo, "solte" os cuscuz.  Aos poucos, junte os tomates( cortados aos cubos e sem sementes) as folhas de manjericão, as passas, e as azeitonas cortadas em rodelas. Depois de tudo misturado, regue com umas gotas de azeite e acerte os temperos com sal e pimenta. Deixe  "assentar "por uns 15 minutos antes de servir.
Estes 15 minutos, são suficientes para preparar o salmão:
Coloque no liquidificador o  azeite, os amendoins e as folhas de salsa ate obter um pasta. Tempere os lombos de salmão com sal e pimenta e grelhe-os num pouco de azeite. Por fim, por cima de cada lombo, coloque uma sopa de pasta de amendoim e por cima desta uma outra de polpa de manga.
E já está, basta agora servir com um  maduro branco que acompanhe bem preixes grandes, tais  como o atum, bacalhau ou salmão! 
publicado por admin às 18:11
20
Dez
11

Arroz de Polvo

Ingredientes:

  • polvo com cerca de 2,5 kg
  • 800 g de arroz
  • 400 g de tomate
  • 6 dentes de alho
  • 150 g de pimento
  • 5 dl de vinho tinto
  • 400 g de cebolas
  • 2 dl de azeite
  • sal, pimenta e piri-piri q.b.

Preparação:

  1. Componha e lave o polvo. Coza em água com vinho tinto. Retire do lume, escorra e deixe arrefecer o polvo e corte-o às rodelas.
  2. Coe e reserve o caldo da cozedura.
  3. Descasque, lave e pique as cebolas e os alhos. Pele, limpe as grainhas e pique o tomate. Aloure o alho e a cebola em azeite. Junte o polvo e deixe refogar. Adicione o tomate e o pimento previamente cortado em juliana. Tempere com sal, pimenta e piri-piri.
  4. Lave e escorra o arroz.
  5. Adicione ao refogado o caldo reservado no quádruplo do volume de arroz e deixe ferver. Junte o arroz e deixe cozer.
  6. Rectifique os temperos. Sirva o arroz de polvo malandro.
publicado por admin às 09:43
24
Nov
11
Fica um sugestão para cozinhar um excelente perú de natal!

1 peru + 1 kg de sal + 1 ou 2 limões. 
Para o recheio: 250g de pão de trigo + 3 ovos + 100g de presunto entremeado + 1 colher de sopa de manteiga ou de banha + sal e pimenta.
 

Depois do peru preparado e bem limpo, corte as asas, as patas e o pescoço. Coloque o peru num alguidar coberto com água fria, o sal e os limões às rodelas. Deixe ficar assim de um dia para o outro. 

No dia seguinte, escorra e enxugue-o com um pano de modo a ficar bem enxuto. Esfregue agora o peru com bastante sal grosso. 

À parte, para uma tigela, parta o pão em bocados e envolva-os com os ovos inteiros. Junte o presunto cortado em bocadinhos, a manteiga (ou banha) e tempere com sal e pimenta. Encha o peito ou a barriga do peru com este preparado, calcando para que fique bem cheio e coza a abertura com agulha e linha. Leve a forno mediamente aquecido (170ºC) durante 2 a 3 horas. Trinche o peru na mesa e acompanhe-o com arroz de forno feito com os miúdos do próprio peru e uma boa salada verde. 

Nota: por estranho que pareça, este peru não é barrado com qualquer gordura antes de ser introduzido no forno. São condições essenciais para que fique suculento: estar bem seco quando é introduzido no forno, nunca ser regado com qualquer líquido ou gordura durante toda a assadura e cozinhar apenas o tempo necessário para que a carne fique cozida mas não seca (geralmente leva entre 20 a 25mn por cada fracção de 500g de peru já recheado).
publicado por admin às 09:31
01
Nov
11

INGREDIENTES:

  • 1 kg de costela de porco, em pedaços
  • ¾ xícara (chá) de shoyu
  • 2 dentes de alho amassados
  • ½ xícara (chá) de cebolinha picada
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 1 xícara (chá) de água

Num  recipiente grande, coloque as costelinhas, o shoyu, o alho e a cebolinha e deixe a marinar no frigorífico por 12 horas.
Numa frigideira grande, aqueça o óleo em fogo alto e coloque as costelas com o seu tempero.
Doure todos os lados, acrescente água aos poucos e cozinhe por aproximadamente 40 minutos em fogo médio ou até ficar crocante.
Sirva em seguida com arroz e salada de folhas verdes.
Dica: se quiser, faça no forno ou na churrasqueira.
publicado por admin às 20:18
03
Jul
11

Ingredientes:
1 pato
1 e 1/2 chávena de arroz
salpicão
sal, piri-piri (utilizei molho de piri-piri)
alho, 2 cebola, açafrão
salsa, louro
bacon aos cubinhos
azeite, cravinho
2 ovos
1 chouriço

Preparação:
. Coze-se o pato na panela de pressão cerca de uma hora, em água com uma cebola inteira, 8 cravinhos espetados e o salpicão. Retira-se o pato, deixa-se arrefecer, desossa-se e desfia-se. A água deve ser coada e reservada para fazer o arroz.
. Para fazer o arroz faz-se um refogado ligeiro, junta-se o dobro da quantidade de arroz de água, e quando estiver a ferver deita-se o arroz. Acrescente o sal a seu gosto. Eu coloco sempre um pouco de açafrão para colorir o arroz.
. Numa frigideira, misture o alho picado, um piri-piri, o louro, a salsa, o bacon, a outra cebola picada e o azeite. Coloque o pato e deixa-se alourar sem deixar queimar.
. Num pirex dispõe-se metade do arroz, em seguida o pato e depois a outra metade do arroz. Batem-se dois ovos inteiros e pincela-se toda a superficie com eles. Corta-se o chouriço as rodelas e dispõe-se as rodelas sobre o arroz. Vai ao forno durante cerca de 15 minutos para deixar "tostar" a superficie.

publicado por admin às 20:09
01
Dez
10

 

 

 

 

Hoje vou partilhar a receita que sigo para fazer esse doce, que nunca falta num mesa de Natal: Rabanadas.

 

Os ingredientes

 

  • Pão- "Cacete" (preferencialmente de véspera):
  • 1 Leite: 0,5 lt
  • Ovos: 2
  • Óleo: q.b.
  • Açúcar e canela para polvilhar

Molho:

  • Açúcar: 500 g
  • Água: 3 dl Vinho do Porto doce: 1/2 cálice

Preparação:

 

Corta-se o pão às fatias, obliquamente, para as tornar mais compridas, e com a espessura de um dedo.

Colocam-se num tabuleiro e regam-se com leite frio, de modo a ficarem bem demolhadas. Em seguida, batem-se os ovos.

Pega-se nas fatias de pão, que se espremem um pouco entre as palmas das duas mãos, passando-as bem pelo ovo batido e fritando-as de

 

seguida em óleo bem quente, virando-as para ficarem bem lourinhas de ambos os lados.

 

Depois de fritas, escorrem-se e polvilham-se bem com a mistura de açúcar e canela.

 

 

Molho de rabanadas: Mistura-se o açúcar com a água, leva-se ao lume e deixa-se ferver durante três minutos. Junta-se o vinho do Porto, deixa-se levantar fervura e retira-se do lume. Serve-se frio.

publicado por admin às 16:23
05
Set
10

Vi esta receita no blog da Missy e fiquei logo com vontade de experimentar. Fi-la esta semana. A receita não desiludiu. As codornizes ficaram bem temperadinhas e, apesar de serem assadas, não ficaram nada secas. Adorei.

 

codornizes-no-forno

 

Calorias: +/- 310Kcal por porção (1 codorniz e 150g de batatas).

 

 

 

Tempo de Preparação: 60 minutos.

 

Quantidade: 1-2 Codornizes por pessoa / 2 a 4 pessoas

 

Ingredientes

 

4 codernizes

 

600g batatas

 

1 copo de vinho branco

 

Molho

 

(A Missy prepara este molho e depois guarda-o num frasco no frigorífico. Fiz o mesmo.):

 

1 frasco pequeno de polpa de pimentão

 

1/2 cabeça de alho

 

louro

 

1 ramo de salsa

 

1 limão

 

25cl de azeite

 

Cerveja preta q.b. (A Missy indica uma cerveja, mas achei que o molho ia ficar muito líquido e não coloquei toda)

 

Sal e pimenta q.b.

 

Piripiri (Coloquei uma malagueta)

 

 

 

 

 

 

 

Preparação

 

1. Para fazer o molho coloque todos os ingredientes numa misturadora e pique até ficar em pasta.

 

2. Lave e limpe as codornizes.

 

3. Coloque as codornizes num tabuleiro e unte-as com o molho. Deixe marinar durante 1 hora.

 

4. Descasque, lave e corte as batatas em quadrados e junte 2 a 3 colheres de sopa do molho. Envolva bem.

 

5. Coloque as batatas no tabuleiro e acrescente o vinho branco.

 

6. Leve ao forno durante 30/40 minutos a 180º.

 

codornizes-no-forno_2

 

 

 

Apreciação: Adorei. Codornizes e batatas bem temperadas como eu gosto. Ficaram com um sabor bem português. Excelente.

publicado por admin às 18:49
22
Mai
10

Uma excelente receita para se fazer e comer num dia de verão.

Na minha receita acrescentei grão de bico, o que tornou o prato mais pesado, e por isso não o aconselho.

Acompanha muuuuuito bem, com um maduro branco , bem fresco.

 

 

Ingredientes:

  • 2 ovos cozidos;
  • 1 pimento grande verde;
  • 2 postas de bacalhau;
  • 1 cebola média;
  • 2 dentes de alho;
  • sal q.b.;
  • pimenta q.b.;
  • 1 colher de sobremesa de salsa picada;
  • 6 colheres de sopa de azeite +-;
  • 2 colheres de sopa de vinagre +-.

Confecção:

Retira-se a pele e as espinhas e desfia-se o bacalhau à mão.
Lava-se depois o bacalhau em várias águas frias até perder o sal.
Escorre-se bem o bacalhau.
Entretanto asse o pimento, limpe-o e corte-o em tiras.
Em uma taça de vidro, disponha em camadas alternadas as tiras de pimentos, o bacalhau e os ovos cortados às rodelas.
Misture o azeite, o vinagre e a pimenta. Ligue bem.
Regue tudo com o vinagrete e polvilhe com a cebola, o alhos e a salsa previamente picados.

publicado por admin às 16:25
09
Mai
10

Quem me conhece, sabe que é na cozinha que relaxo.
Como bom habitante da cidade invicta sou um apreciador de francesinhas, mas confesso que tenho andado um pouco desiludido, com as que se fazem pelos restaurantes da cidade.
Assim, e quando não estamos contentes e se achamos que podemos fazer melhor, que tal tentar??

francesinha-5519

 

Francesinha à minha moda : (Feita com os ingredientes que existem em qualquer casa.)

Ingredientes:

2 Cervejas
1 colher sopa de Manteiga ou azeite
1 cebola Média
1 Lata de tomate em “pedaços” (200 ml)
Salsichas (prefiro aquelas com presunto ou salsichas Frescas)
Bifana
Linguiça
Malagueta
Mostarda
1 Folha de Louro
Farinha “Maizena”
1 cubo caldo carne
Queijo fatiado
Fiambre fatiado
Pão de forma

 

O inicio de um prato Português, tem na minha opinião, de começar com um refogado.
Neste caso em particular deixo que a cebola, cortada às rodelas, fique ligeiramente “loura” no azeite ou manteiga.
Agora que a cebola esta alourada, junto o “caldo de carne”, mexo com um colher de pau de modo a que se vá desfazendo o caldo de carne, e junto-lhe 1/2 garrafa de cerveja e um 1/4 da polpa de tomate.

Está na hora de enfiar 1/2 salsicha, 1 pedacinho de carne 1 pedacinho de linguiça, a folha de louro a este caldo . Deixa-se ferver ate cozer estes ingredientes. Enquanto vai fervendo, vai-se juntado mais cerveja e mais polpa de tomate.É nesta segunda fase que junto a mostarda e as malaguetas (2 pequeninas). Deixa-se o molho a cozinhar em lume brando, e está na hora de ir preparar a “sande”.
Grelhar as Bifanas, as salsichas, e as linguiças. É normal que fique na frigideira, a gordura largada por este alimentos…Essa gordura, é adicionada ao molho (neste momento), mas é opcional.
Agora preparar o pão e montar a francesinha deste modo:

Fatia de pão -> fatia de fiambre -> fatia de queijo -> Bifana ->-salsicha e linguiça ->fatia de queijo-> fatia de fiambre ->Fatia de pão

A francesinha está montada e está hora de ir ao forno para tostar ligeiramente.

Voltando ao molho que (ainda )se encontra muito liquido. A varinha magica entra em acção: Triturar tudinho ate o molho ficar totalmente liquido. levar ao lume até ferver e adicionar a maizena, até ficar com a espessura desejada.

Nota: para a maizena não ficar com grãos, dissolvo uma ou duas colheres da farinha numa chávena de água, mexo com vigor, e só depois adiciono ao molho.

O molho já deve estar com a espessura desejada, por isso basta mante-lo quente, bem quente, até sair para a mesa.

Ir buscar a sande ao forno. Cobri-las com duas ou 3 fatias de queijo e levar para a mesa. Agora que a sande está no prato rega-la com o molho. O queijo, que está por cima da sande deve derreter , por acção do calor do molho.

É assim que faço francesinhas, com ingredientes que existem em qualquer casa. Sem complicações, com ingredientes simples, dá para fazer um prato muito aceitável. Bom apetite.

publicado por admin às 22:48

pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Viva, depois de feito e de (a)provado, tenho a acr...
blogs SAPO